• (21) 3042-6445
  • comunica@koinonia.org.br
  • Rua Santo Amaro, 129 - RJ

RJ – Intercâmbio entre comunidades quilombolas do Baixo Sul da Bahia e do Rio de Janeiro

Entre os dias 11 e 21 de novembro de 2010, mulheres remanescentes quilombolas do Baixo Sul da Bahia visitaram os quilombos Campinho da Independência, Santa Rita do Bracuí e Marambaia, no Rio de Janeiro. Entre os temas debatidos, empreendimentos coletivos de mulheres; auto-reconhecimento e direitos territoriais; estratégias de comercialização; agregação de valor cultural e ambiental à produção.

Os encontros, além de reunir lideranças quilombolas de diferentes contextos, tiveram participação das visitantes em eventos culturais das comunidades quilombolas fluminenses.

As mulheres que participaram do intercâmbio voltaram com muito mais consciência da amplitude da causa quilombola, percebendo que não estavam isoladas em sua causa, fato que teve grande impacto em sua autoestima.

• Saiba mais sobre esta atividade no livro “Caminhadas, sonhos e lutas”, de KOINONIA.

O que foi mais marcante durante a viagem

“A coragem da luta”, Marilene dos Santos (Pimenteira)

“Nossos antepassados – ver a senzala, na Marambaia”, D. Deja (Laranjeira)

“Não há diferença entre Rio, São Paulo… São pessoas iguais e que lutam como a gente. Melhorou a auto-estima: ser do Rio de Janiero não diminui nem acrescenta!”, Andréa do Rosário (Jetimane)

“Voltei encorajada, não estamos sozinhas”, Ana Célia dos Santos (Barroso)

“A floresta, ver os paus abraçados, a mata escura… Chorei de emoção.  Terra fria”, Nita (Antônia) (Rua do Dendê)

“Força do artesanato do Campinho: loja pequena, de taipa, um pouco de cada um, mas tem!”, Sílvia Souza (Tapuia)

“No Campinho tinham etiquetas com o nome de cada um, valorizando quem faz”, Damiana Conceição (Ingazeira)

“No Bracuí, o modo de receber as visitas, sem acanhamento”, Andrelice Silva (Rio dos Cágados)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *