• (21) 3042-6445
  • comunica@koinonia.org.br
  • Rua Santo Amaro, 129 - RJ

Resenha: Sobre africanidades sul-rio-grandenses

Por Sarah Calvi Amaral Silva

Resumo:

Como obra integrante da coleção A África está em nós, coordenada por Lucia Regina Pereira, Africanidades Sul-Rio-Grandenses busca cumprir as normas legais que tornam obrigatório o ensino de História e Cultura Afro-Brasileira, desencadeadas com a promulgação da lei federal n° 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Dessa forma, é oferecido a alunos e professores das redes pública e privada de educação básica, um instrumento qualificado para se pensar criticamente currículos escolares e práticas pedagógicas, através das histórias de grupos negros do Rio Grande do Sul, alocados em múltiplas esferas. Trata-se, assim, de uma publicação elaborada de maneira interdisciplinar, onde os conteúdos dialogam com demandas sociais inclusivas, calcadas num viés antirracista de compreensão das relações etnicorraciais. Nesse sentido, segundo os autores, a ênfase nas “africanidades” justifica-se pela existência de heranças trazidas ao estado por povos africanos, cuja influência imprimiu especificidades nos modos de viver dos sul-rio-grandenses, vinculadas à construção de identidades étnicas.

Palavra chaves: educação, negros, Rio Grande do Sul, Brasil.

Clique aqui e faça o download do artigo na íntegra

FONTE: Revista OQ, v. 2, n. 2, nov. 2013

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content