Curso Ceseep

KOINONIA participa de curso sobre ecumenismo em áreas de conflito

Em evidência atualmente no mundo ocidental, devido ao conflito entre Rússia e Ucrânia, a guerra é uma constante em determinados países da África e do Oriente Médio, marcados historicamente por conflitos em razão da fé.

A bélica relação entre Palestina e Israel é um exemplo de conflito que se arrasta no tempo, deixando marcas e dores difíceis de curar em quem mais sofre as consequências: o povo.

Na busca por paz e justiça para a região, milhares de grupos pelo mundo se organizam para promover ações em prol dos direitos humanos das pessoas que vivem nestes territórios. É o caso do Programa de Acompanhamento Ecumênico na Palestina e Israel (do inglês, EAPPI), um parceiro de KOINONIA Presença Ecumênica e Serviço.

Na última quarta-feira (13), representando o EAPPI, o assessor de KOINONIA, Alexandre Pupo, participou do Curso de Ecumenismo e Diálogo Inter-religioso, que teve como tema “Viver o Ecumenismo em Áreas de Conflito: Desafio para as Igrejas”.

Ao lado dele, estava Dom Luiz Fernando Lisboa, que falou sobre a atuação da Diocese de Pemba e de outras igrejas em Cabo Delgado, Moçambique, onde há conflitos armados entre comunidades cristãs.

Pupo compartilhou sua experiência de participação do EAPPI em favor do diálogo e acolhimento de vítimas, e deu informações sobre a abertura do processo seletivo para atuar in loco, que ocorrerá em agosto.

Mediado por Wallace Góis e por Padre José Oscar Beozzo, o curso é uma iniciativa do Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular (Ceseep).

Comments are closed.