Foto: MAB

Campanha Plantando Vidas incentiva recuperação da Amazônia e áreas atingidas por barragens

Foto: MAB

O índice de desmatamento na Amazônia no último ano é o maior da década, de acordo com o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).

Diante do quadro desolador, iniciativas de preservação da floresta tornam-se ainda mais necessárias e urgentes.

Somando forças nesse contexto, a Campanha Plantando Vidas tem como objetivo principal discutir e denunciar o desmatamento na região amazônica e nos territórios atingidos por barragens.

Foto: MAB

Realizada por KOINONIA e a ACT Aliança junto com o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Movimento República de Emaús e a Associação de Desenvolvimento Agrícola Interestadual (Adai), o projeto está revitalizando o viveiro de mudas da sede do Emaús, localizado no bairro periférico Bengui, em Belém (PA). A ideia é que essa e outras soluções possam ser transformadas em boas práticas capazes de promover a recuperação ecossistêmica dos biomas impactados pelo desmatamento e pelas obras das barragens.

Outra proposta de melhoria para o viveiro é a instalação de um sistema de produção de energia solar para a irrigação de uma horta orgânica comunitária. O uso de tecnologias alternativas para a geração de energia como a fotovoltaica tem como objetivo popularizar seu uso e promover nas regiões a discussão sobre o projeto energético popular.

No mês de setembro, no qual se comemora o Dia da Amazônia (05) e Dia da Árvore (21), serão realizadas outras ações relacionadas à temática ambiental a fim de estimular o envolvimento de organizações, universidades, associações locais, movimentos sociais e a sociedade em geral com o tema.

Com informações do MAB

 

Comments are closed.