WhatsApp Image 2021-02-10 at 17.41.58

Articulação de Mulheres do Baixo Sul e Koinonia seguem com entrega de cestas de alimentos

Por Ana Celsa Souza, voluntária de KOINONIA
Edição Natália Blanco, KOINONIA

A existência de vacinas contra a covid-19, sendo uma delas desenvolvida no Brasil, ainda não é suficiente para conter os impactos e efeitos da pandemia na população brasileira.

As ações de solidariedade seguem tendo papel fundamental na manutenção da vida de comunidades e famílias vulnerabilizadas diante do atual cenário.

KOINONIA e a articulação de Mulheres do Baixo Sul da Bahia desde o início da pandemia, em março de 2020, vem organizando e realizando entregas de cestas de alimentos e matérias de segurança como as máscaras, para famílias de comunidades quilombolas e negras da região do Baixo Sul.

Na última ação, foram entregas 50 cestas de alimentos para comunidades do município de Camamu e Igrapiúna. A metodologia das entregas consistiu da seguinte forma: Cada mulher liderança comunitária informou os nomes das famílias mais vulneráveis neste momento de pandemia. Foi dada uma especial atenção para famílias de mulheres mães solteiras e de terreiro.

Além disso, foi dado um apoio ao acampamento de pescadores de Camamu com cestas básicas que se encontram acampados atualmente. Vale ressaltar que todas as comunidades beneficiárias fazem parte da Articulação de Mulheres do Baixo Sul.

Como as ações de solidariedade não são únicas, devido a entrega das cestas básicas pela Fundação Palmares, houve também um cuidado na escolha das datas, para que não fossem gerados conflitos . Outro fator que também impactou as ações foram as chuvas que se estenderam nos meses de dezembro e janeiro. Mas felizmente todas as entregas programadas foram realizadas.

Lista de Comunidades Quilombolas e Negras beneficiarias das 50 cestas básicas:

  • Abobora
  • Barroso
  • BoaVista
  • Beija Flor
  • Dandara
  • Jetimana
  • Pescadores
  • Ronco
  • Manjerona
  • Povos de Tereiro
  • Limoeiro

Comments are closed.