327740185_646125620600871_6629433951173710018_n

21 de janeiro em Salvador – BA: Ato no busto de Mãe Gilda

Por Josy Azeviche

Ato no busto de Mãe Gilda com realização do Terreiro Axé Abassá de Ogum e da Iyá Akobiodé, uma iniciativa que marca a luta pela liberdade religiosa e garantia dos direitos individuais.

Um café da manhã servido a todas as pessoas presentes e transeuntes deu início a atividade, marcada por muito acolhimento e afetividade que reafirmam o compromisso social do candomblé com a comunidade.

Diversas falas de esperança durante a celebração, reconhecimento da necessidade de fortalecimento no enfrentamento ao racismo religioso, bem como da luta organizada na cobrança por justiça e punição aos responsáveis pelas ações criminosas. Vale ressaltar que no Brasil a maioria das vítimas de intolerância religiosa são de religiões de matriz afro-brasileira

O combate a intolerância religiosa exige compromisso de toda a sociedade na defesa dos direitos individuais assegurados pela Constituição Federal. KOINONIA segue reafirmando o seu compromisso com o direito à liberdade de culto religioso e na luta pela construção de espaços que promovam a reflexão sobre a importância da diversidade dos costumes, fé e doutrinas na formação história e cultural do Brasil.

Comunidades presentes: Abassa de Ogum, São Jorge da Gomeia Filho, Ilê Axé Ewa Olodumare, CEBIC, Igreja Anglicana, CESE, OAB – Comissão de combate a intolerância religiosa, SEPROMI, SPM, Rede de Mulheres Negras da BA, CDCN, Comunidade HahreKrisna, Comunidae Telucama, Igreja Católica, entre outras representações.