Comércio Com Identidade: Mulheres Negras do Baixo Sul da Bahia

NOTÍCIAS Feira de mulheres do Baixo Sul vai para a quinta edição 2 de setembro de 2016 Evento surgiu em 2012 com o objetivo de manter comunidades da região atentas à questão da desigualdade de gênero Comércio com identidade: formação debate estética, racismo e mercado 12 de agosto de 2016 Comunidades quilombolas do Barroso, Dandara […]

Intercâmbio Comércio Quilombola

Entre os dias 25 a 27 de janeiro aconteceu o intercâmbio do projeto Comércio com Identidade, contando com a participação de 15 mulheres. O propósito do intercâmbio é de contribuir com a formação dos grupos de mulheres em relação às formas de comercialização e abordagens comerciais. As mulheres estiveram em diferentes espaços de comercialização em […]

Fala Egbé n. 36 set. 2016

O número 36 traz um retrato das ações de KOINONIA junto às comunidades negras tradicionais da Bahia, desde maio de 2016. Essa edição é dedicada às diferentes iniciativas da instituição na defesa dos direitos e no fortalecimento político de terreiros de Salvador e das comunidades quilombolas do Baixo Sul do estado. O grande destaque vai para as ações de incidência pública e projetos como o “Candaces” e o “Comércio com Identidade”, ambos voltados para a promoção da igualdade de gênero. O primeiro quer estabelecer uma rede de apoio de mulheres negras para mulheres negras, tendo como foco o enfrentamento às diversas formas de violência contra a mulher. Já o segundo aposta na inclusão produtiva de mulheres quilombolas criando circuitos de economia solidária a partir dos quais seja possível discutir caminhos para equidade nas áreas rurais. Por último, mas não menos importante, a nova edição tem o manifesto de KOINONIA frente ao momento de grave ameaça à democracia brasileira e aos direitos das populações vulneráveis.

Fala Egbé n. 35 maio 2016

Até agora, o ano de 2016 tem sido marcado pela palavra crise. Infelizmente, para as comunidades negras tradicionais, passar por crises não é novidade. Nem superá-las! Nessa edição do Fala Egbé temos alguns dos resultados das ações de Koinonia junto às comunidades negras tradicionais, em especial, do projeto Axé com Arte, que teve como missão ampliar o acesso de integrantes de terreiros de candomblé de Salvador – em especial jovens -, à oportunidades de trabalho, melhoria de renda e a formas de defesa de seus direitos. Retornando ao tema da crise, o artigo “Lutar pelo Estado laico” trata do risco à liberdade religiosa no atual cenário político. Por fim, essa edição traz uma matéria sobre o projeto “Comércio com Identidade”, que busca fortalecer o comércio feito por mulheres quilombolas do Baixo Sul da Bahia. Todas essas leituras de alguma forma noticiam as lutas das comunidades negras tradicionais para superar mais uma crise. Confira!